4 dicas para manter a saúde bucal do seu gato

4 dicas para manter a saúde bucal do seu gato

A boca é uma das partes mais sensíveis do corpo dos gatos. Por isso, é fundamental que cuidemos corretamente e que mantenhamos a saúde bucal dos nossos pets em dia. O PetSaúde listou 4 dicas para você manter a boca dos gatinhos longe de doenças!

Um erro muito comum entre os donos de gatos é não se preocupar tanto com a higiene dos felinos, sobretudo com a higiene bucal. Porém muitas doenças e enfermidades dos gatinhos são contraídas através da boca, o que requer um cuidado especial para evitar futuras complicações. Para te ajudar, o PetSaúde reuniu 4 dicas infalíveis para manter a saúde bucal dos bichanos!

1 – PRESTE ATENÇÃO NO HÁLITO DO GATINHO

Um hábito que deve ser corriqueiro na vida de um dono de gato é verificar se o amiguinho está com mau hálito. Se a resposta for sim, isso pode significar um problema. Esse fato pode indicar que o gato esteja sofrendo com tártaros e cáries ou até de alguma outra doença periodontal. Um estudo recente indica que mais de 70% dos gatos com mais de 3 anos sofrem de algum problema odontológico. Sendo assim, conferir o cheirinho da boca dos gatinhos é uma dica crucial para manter a saúde bucal deles.

2 – UTILIZE O CREME DENTAL E A ESCOVA ADEQUADA

Em nenhuma hipótese, use cremes dentais de humanos para escovar os dentes dos gatinhos. A composição desse tipo de creme é extremamente tóxica para os animais, pois contém um teor de flúor elevado para eles. A pasta dental veterinária, além de ter um sabor mais agradável para os pets, é constituída de elementos que protegem e limpam adequadamente os dentes dos gatos. Para atingir a todos os dentinhos, uma dica é usar também uma escova especial, que possua um formato adequado que não o machuque e deixe a saúde bucal do bichano em dia.

3 – ACOSTUME O GATINHO A ESCOVAR OS DENTES

Procure começar a escovar os dentes dos gatinhos aos poucos, primeiro limpando apenas os dentes da frente e depois chegando até os dentes de trás. Eles podem ficar bastante incomodados e inquietos com um objeto estranho para eles entrando nas suas bocas. Por isso, uma dica é deixar o gato relaxado e fazer com que o hábito seja uma atividade corriqueira deixando em dia a saúde bucal do felino.

4 – LEVE CONSTANTEMENTE A UM ESPECIALISTA

Assim como para os humanos, a consulta periódica com um especialista é essencial para manter a saúde bucal dos gatos. Existem lesões que ocorrem sob a gengiva dos felinos, o que as torna imperceptíveis para os donos, mesmo que esses olhem diariamente. Outro fator relevante é que grande parte das doenças orais dos felinos possuem uma progressão rápida e silenciosa, o que exige uma inspeção minuciosa para que tais enfermidades sejam detectadas e tratadas precocemente. Essa aqui nem chega a ser uma dica, é praticamente uma obrigação.

Para mais informações, é só acessar nosso site e escolher o plano de saúde animal que mais se encaixa para você e para o seu pet!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *