3 dicas para cuidar do seu filhote de cachorro

3 dicas para cuidar do seu filhote de cachorro

Quem nunca se apaixonou por aquele filhotinho fofo e indefeso? Os cachorros, quando pequenos, são realmente lindos, mas não pense que é fácil cuidar deles. Os filhotes precisam de cuidados especiais e bastante atenção. Pensando em você e no seu pequeno pet, o PetSaúde escolheu 3 dicas pra te ajudar a cuidar dele! Olha só!

Os filhotes de cachorro são criaturinhas frágeis, bonitinhas e encantadoras, porém precisam de alguns cuidados, sobretudo durante os primeiros dias. Muitos pensam que cuidar de um filhotinho é fácil, pois eles não se movimentam muito e são menores em relação à fase adulta. Pra te ensinar direitinho como tratar o seu mais novo amiguinho, o PetSaúde decidiu listar 3 dicas importantes para que tudo ocorra bem. Dá uma olhada!

1 – VACINAÇÃO

A vacinação é um fator de grande relevância para a saúde dos pets, principalmente quando filhotes, já que existem diversas doenças que atacam o organismo dos cachorros. Como os filhotinhos ainda não possuem um sistema imunológico totalmente desenvolvido, uma estratégia essencial para cuidar bem dele é a vacinação. As primeiras doses precisam ser levadas muito a sério pelos donos, uma vez que elas podem significar a vida do seu amiguinho. A primeira dose da vacina deve ser feita com 45 dias e seguida de mais duas doses com intervalos de no máximo 30 dias em cada uma delas.

2 – ALIMENTAÇÃO

Cada fase da vida do cachorro pede por um tipo específico de alimentação. Quando recém-nascido, o dog precisa de bastante leite materno para se fortalecer, mas, quando já começa a desenvolver os dentes, o ideal é oferecer uma ração apropriada para filhotes. Essa ração é à base de leite e deve ser misturada com um pouco de água para que tenha uma textura mais molinha e não machuque o cachorrinho. Além disso, essa comidinha poderá ser oferecida de quatro a cinco vezes por dia, mais ou menos 100g por vez. A água deve ser oferecida sempre fresca e a vontade. É obrigação do dono cuidar de todos esses detalhes!

3 – CASTRAÇÃO

A castração é um fator a ser considerado assim que você decide cuidar de um filhote de cachorro. E se ele for uma fêmea, os cuidados aumentam. Quando a cadelinha completa 6 meses, ela entra no seu primeiro cio, o que pode ser bem traumático e requer uma atenção especial. O ideal, caso você não queira que ela reproduza, é optar pela castração, de preferência antes do primeiro cio. O método, além de evitar a gravidez, protege a fêmea de doenças como câncer de mama e de útero.

Para mais informações, é só acessar nosso site e escolher o plano de saúde animal que mais se encaixa para você e para o seu pet!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *